Poema: Café – um tesouro para Bonito/BA

Compartilhe!

No coração do sertão baiano, há um lugar que se destaca pela beleza de suas paisagens e pela riqueza de sua cultura cafeeira. Estamos falando de Bonito, um município que cresceu e se desenvolveu graças às fazendas de café que se espalham pelo seu território. Por gerações, o café tem sido a base da economia e da vida social de Bonito, atraindo pessoas de outras regiões e dando um sabor especial à vida dos seus habitantes. Neste poema, vamos explorar a importância desse grão tão valorizado para a história e a identidade de Bonito/BA.

 

POEMA: CAFÉ – UM TESOURO PARA BONITO

NESSA TERRA DE SOLO FÉRTIL E POVO GENTIL,

QUE BEM CEDINHO ACORDA PARA TRABALHAR,

FAZ O BONITO SE DESTACAR NO BRASIL,

POR CAUSA DO CAFÉ QUE PRODUZ POR CÁ.

O CAFÉ FEZ O BONITO SE TORNAR CIDADE,

COM SUA RIQUEZA E SUA TRADIÇÃO,

EM CADA CANTINHO, EM CADA LOCALIDADE,

O CAFÉ É PLANTADO COM DEDICAÇÃO.

NA REGIÃO, O BONITO SE DESTACA,

PELOS PLANTIOS EM CADA FAZENDA,

PELA FORÇA DE QUEM AQUI TRABALHA,

E COM MUITA HONRA GERA A SUA RENDA.

ATÉ MESMO EM MANHÃS DE MUITO FRIO,

LÁ ESTÃO AS PESSOAS A TRABALHAR,

COM MUITO ESFORÇO ESSE POVO GENTIL,

FAZ A NOSSA ECONOMIA MOVIMENTAR.

POR AQUI EXISTE UMA FESTA,

MUITO TRADICIONAL NA REGIÃO,

O FESTIVAL DO CAFÉ ASSIM CELEBRA,

A NOSSA CULTURA E A NOSSA TRADIÇÃO.

DESTA FORMA O CAFÉ É PARA BONITO,

MOTIVO DE ORGULHO, BENÇÃO E SUSTENTO,

ASSIM O NOSSO DIA-A-DIA VAI SENDO ESCRITO,

E PARA O CAFÉ A GRATIDÃO É O NOSSO SENTIMENTO.

Autor: José Carlos Alves de Souza